domingo, 29 de março de 2015

Dicas para comprar um carro usado de particular

     Recentemente esitve numa maratona de trocar (vender e comprar) carro e moto. Por mais que eu pesquisei na internet algumas dicas simplesmente não encontrei em nenhum lugar. Por isso estou fazendo a minha lista de recomendações para os futuros compradores terem mais uma visão que possa ajudar.


1- Faça e leve um checklist

     Se você não fizer, alguma coisa será esquecida. Na hora nossa memória não consegue se ater a todos os detalhes que precisam ser vistos. Importante seja que você saiba tudo que está levando de bom e ruim.
Imprima essa lista e vá marcando:
  • Motor de partida
    • Dê a partida com motor frio, e depois com motor quente.
    • Dê a partida você mesmo, não deixe o vendedor fazer.
  • Extintor de segurança dentro da validade
  • Verifique se os espelhos retrovisores
    • Se não estão descascando, e se os dois lados são similares
    • Se o mecanismo de regulagem funciona.
  • Ruído Interno
    • Dê uma volta com o carro assim você pode sentir barulhos, problemas mecânicos ou elétricos.
  • Pneus
    • Verifique se os sulcos dos pneus estão em boas condições.
    • Não se deixe levar pela aparência, utilize uma régua ou um cartão de crédito (alguns carros tem pneus com os sulcos pintados de preto)
    • Olhe a marca dos pneus, pneus remoldados escondem uma péssima manutenção.
  • Pneu estepe
    • Verifique se ele está em bom estado ou se existe.
  • Vidros
    • Os originais tem marcação do chassi, se foram quebrados não possuem mais.
  • Portas
    • Retire as borrachas de vedação e olhe se a lata parece amassada ou soldada
    • Verifique se todas as travas estão funcionando
  • Cinto de segurança se está funcionando e em boa aparência.
  • Verifique o adesivo da última troca de óleo
    • Verifique a viscosidade do óleo, muito espesso pode ter problemas escondidos no motor. É problema fuja!
    • Verifique o nível de óleo, também veja se a viscosidade parece boa.
  • Nível fluido de freio
    • Retire a tampa para verificar quando não puder fazer visualmente.
    • Enfie o dedo dentro do fluído, e veja se não ta gosmento.
  • Nível de água do radiador.
    • Fique alerta caso encontre água sem fluído. Reposição de fluído em casos de vazamento é caro, somente água pode esconder um vazamento.
  • Lataria 
    • Dê lever batidas com o dedo, massa plástica soa diferente de lata. (dizem que é uma boa ideia levar um imã)
    • Recomendo fazer uma pesquisa daquele modelo que está buscando. Para-choques que são de modelos similares e não iguais escondem uma colisão. É uma boa ideia olhar pelos cantos internos e de difícil acesso eles geralmente escondem uma repintura (falhas na pintura).
    • Mexa nos faróis, eles geralmente quebram os suportes com as batidas. Verifique a cor interna, se estiverem escuros tem vazamento de água.
  • Escapamento
    • Tampe com a mão a saída.. se fizer pressão dentro do escape está bom.
    • Não pode estar saindo fumaça preta, branca ou azul obviamente.
  • Painel
    • Não se deixe levar por kilometragem baixa.
    • Acredite em todas as luzes que acendem no painel, o problema geralmente não é nele.
    • Veja se o led do airbag, se acende e depois apaga. Normalmente quando dá problema, simplesmente desconectam o fio ou tiram a lâmpada.
  • Freio
    • Verifique barulhos e trepidações ao freiar. O pedal não pode ser muito duro, nem descer mais depois de pisado.
  • Freio de estacionamento
    • Se ao puxar com força moderada (sem exageros) o carro não parar está com problemas.
  • Verifique também:
    • Limpador de para brisa
    • Indicadores de painel
    • Lavador de para brisa
    • Buzina
    • Farois
    • Lanternas dianteiras (seta)
    • Lanternas traseiras (seta)
    • Repetidores da seta na lateral.
    • Luz de freio
    • Luz de ré
    • Macaco, Chave de roda e triangulo de advertência

2 - Iluminação é fundamental


Use uma lanterna (pode ser o led do celular) para olhar em baixo do carro e no cofre do motor. Olhe bem todas as longarinas, se estiverem amassadas, com sinais de solda, é colisão das fortes.
Coloque o carro na luz do dia


3- Problemas não te impede de comprar


Só te alerta que deve descontar do preço. Se o vendedor souber que você sabe dos problemas, ele será mais propenso a te dar um desconto. O importante é você saber o valor do conserto, se for razoável analise se vale a pena (pesquisa é fundamental).

4- Mesmo assim podem te passar a perna

Existe inúmeras sacanagens que fazem. Arrancar luzes do painel, engrossar o óleo, voltar o velocímetro, remarcar pneus...
Paciência.

Postar um comentário