segunda-feira, 23 de junho de 2014

Ciências Humanas VS Ciências Exatas


Estive pensando sobre essa comparação. Em não raros exemplos conseguimos notar que as engenharias são muito bem conceituadas entre os que pensam em carreira. Pior que isso, vemos que na mente de muitas pessoas algumas áreas são vistas como pura enrolação. Ser humano caminhando na lua, smartphones e outros avanços notáveis, fazem acreditar que a ciência exata está elevada a um patamar superior.
Exata ou humana, na verdade não existe diferença entre as ciências. Toda ciência tem as mesmas bases: A coleta exaustiva de dados e o uso da lógica pra inferir conclusões. Não concordar com a ciência, não faz sentido. Seria como não concordar em coletar dados ou não concordar com a lógica? Ambas hipóteses são absurdas!
Mas porque a ciência exata é algo estrito e definido enquanto as jurídicas e humanas possuem tantos pontos de vista (diferentes correntes)? As humanas tem dados de entrada e resultados mais difíceis de medir porque são baseadas no ser humano. Enquanto nas exatas os dados são objetivos e precisos, nas humanas eles podem exigir capacidade de abstração. As ciências exatas definem modelos muito próximos da expressão da realidade. Ou seja, as ciências exatas na aplicação prática são triviais, as humanas são complexas. Talvez por isso se pense que as exatas tem tanta precedência, ela é mais evoluída, por que é mais simples.
Pior ainda é a arte. Vista como dependente de financiamento, algo improdutivo.. o pensamento geral é que somente aqueles que tem garantia da sua sub existência, podem se dedicar a arte e a filosofia. Por outro lado infelizmente o mesmo acontece com a ciência base de qualquer área. Seja no acelerador de partículas, no computador quântico, nas aulas de filosofia, nas artes… Quem nunca ouviu: pra que isso? ou pra que gastar dinheiro com isso?